sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Adiado “sine die” o debate entre Carlos Ramalhete e Carlos Nougué


Carlos Nougué

Como houvesse insistentes notícias de que, em razão de uma cirurgia, talvez Carlos Ramalhete não pudesse participar do debate comigo programado para setembro, escrevi-lhe eu mesmo o seguinte:

“Professor, desculpe-me o incômodo, mas sugiro o seguinte: se o médico ligar amanhã [sexta-feira 02/09] e disser que a cirurgia será, sei lá, em meados de outubro, mantenha-se o debate como programado; se porém disser que será em alguma altura de setembro, suspenda-se sine die o debate, até sua plena recuperação. Mas suspenda-se também se o médico não ligar amanhã, ainda que neste caso sine die até outra palavra sua, ou seja, de Carlos Ramalhete. Pode ser assim? O que o senhor me escrever, reproduzi-lo-ei tal qual, sem nenhuma palavra minha de interpretação”.  

Respondeu-me Carlos Ramalhete:

“Caríssimo: perfeito, estamos combinados. Assim que o médico ligar entrarei em contato. Lamento que as coisas tenham se atropelado desta maneira; estou há já meses à espera da cirurgia, para que ela seja aprovada logo agora! Mas é a vida. Aproveitemos o tempo de qualquer demora em oração”.

Hoje, sexta-feira 02/09, Carlos Ramalhete escreveu-me o seguinte:

“Ligaram da parte do médico; a cirurgia foi marcada para o dia 13 próximo, bem no meio da agenda do debate. Creio, portanto, que será melhor que o deixemos para quando eu sair do hospital. Peço sua compreensão e suas orações”.

Pois bem, de minha parte digo, antes de tudo, que rezemos pela perfeita e mais pronta recuperação de Carlos Ramalhete. Mas, depois, que me ponho à disposição para iniciar o debate, com as mesmas regras já estabelecidas, assim que Carlos Ramalhete mesmo me disser que está em perfeitas condições para participar dele.
Peço a todos que o divulguem maximamente, a fim de que diminua o número de pessoas que entrarão no hangout amanhã. Como seja, amanhã direi no mesmo hangout exatamente tudo o que acabo de escrever aqui.
Muito obrigado.